quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Morre aos 60 anos Diego Maradona

 


Maior jogador da história do futebol argentino, Diego Armando Maradona morreu, hoje, aos 60 anos.

Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino "Clarín".

O ex-jogador sofreu uma delicada cirurgia no cérebro no começo do mês e recebeu alta oito dias depois.

Campeão mundial na Copa de 1986, quando ficou eternizado pelos gols que marcou contra a seleção da Inglaterra, o craque argentino passou recentemente por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro.

O médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador.

domingo, 1 de novembro de 2020

Faltam 15 dias: A partir de hoje (31), candidato só pode ser preso em flagrante delito

A partir deste sábado (31), nenhum candidato pode ser detido ou preso, salvo em flagrante delito. A regra está prevista no parágrafo 1º do artigo 236 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965). Pela norma, postulantes aos cargos de vereadores ficam impedidos de serem presos nos 15 dias que antecedem o primeiro turno das eleições, que, neste ano, em razão da pandemia de Covid-19, será realizado no dia 15 de novembro.

Já o parágrafo 2º do dispositivo determina que, caso ocorra qualquer detenção nesse período, o preso deverá ser conduzido imediatamente à presença do juiz competente, que, se verificar qualquer ilegalidade na detenção, “a relaxará e promoverá a responsabilidade do coator”.

O objetivo da medida é garantir o equilíbrio da disputa eleitoral ao prevenir que prisões sejam utilizadas como manobra para prejudicar um candidato por meio de constrangimento político ou o afastando de sua campanha.

No pleito deste ano, estão em disputa apenas os cargos de vereador e prefeito. Por se tratar de Eleições Municipais, os eleitores que estão no exterior não estão obrigados a votar.

Segundo turno – Caso ocorra segundo turno, no dia 29 de novembro, o candidato que concorrer não poderá ser preso ou detido a partir do dia 16 de novembro. Novamente, a única exceção é para prisões em flagrante delito.

TSE

sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Comeca hoje (sexta-feira ), o horário gratuito de rádio e televisão

 Serão dois blocos de 10 minutos cada um no rádio e na TV, além de 70 minutos de inserções diárias na programação, até 12 de novembro. Eleições serão em 15 de novembro.

A propaganda eleitoral gratuita dos candidatos a prefeito começa nesta sexta-feira (9) no rádio e na televisão. No primeiro turno das eleições municipais de 2020, a veiculação vai até 12 de novembro. O primeiro turno das eleições ocorre em 15 de novembro.

Serão dois blocos de 10 minutos cada um, nos seguintes horários:

Rádio: das 7h às 7h10 e de 12h às 12h10;

TV: das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40.

A propaganda eleitoral gratuita será apenas para os candidatos a prefeito e irá ao ar de segunda a sábado.

Além do horário eleitoral gratuito, as emissoras tiveram que reservar 70 minutos por dia para inserções de candidatos a prefeito (60% do total, ou 42 minutos diários) a vereador (40%, ou 28 minutos). A exibição será das 5h à 0h.

Veja as regras para a propaganda eleitoral em 2020:

Data de início – A campanha eleitoral, inclusive na internet, é permitida a partir de 27 de setembro.

Caminhada e carreata – De 27 de setembro até as 22h de 14 de novembro, poderá haver distribuição de material gráfico, caminhada, carreata ou passeata, acompanhadas ou não por carro de som ou minitrio.

Propaganda na internet – É permitido fazer campanha na internet por meio de blogs, redes sociais e sites.

Impulsionamento de conteúdo na internet – Somente partidos, coligações ou candidatos podem fazer impulsionamento de conteúdo, que é o uso de ferramentas oferecidas por plataformas ou redes sociais para difundir o conteúdo a mais usuários e, assim, ter maior alcance. É vedada a utilização de impulsionamento de conteúdos e ferramentas digitais não disponibilizadas pelo provedor da aplicação de internet, ainda que gratuitas. Não é permitido também contratar impulsionamento para propaganda negativa, como críticas e ataques a adversários. Empresas e eleitores não podem fazer impulsionamento de conteúdo. Tanto candidatos e partidos quanto eleitores estão proibidos de contratar serviço de disparo em massa de conteúdo.

Telemarketing – É vedada a realização de propaganda via telemarketing em qualquer horário, bem como por meio de disparo em massa de mensagens instantâneas sem anuência do destinatário.

Propaganda no rádio e na TV – Propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão referente ao primeiro turno será veiculada de 9 de outubro a 12 de novembro. É proibido qualquer tipo de propaganda eleitoral paga no rádio e na televisão.

Propaganda ‘cinematográfica’ – Na propaganda eleitoral de TV e rádio, não podem ser usados efeitos especiais, montagens, trucagens, computação gráfica e desenhos animados.

Propaganda eleitoral na imprensa – São permitidas, de 27 de setembro até a antevéspera das eleições (dia 13 de novembro), a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução na internet do jornal impresso.

Ofensa à honra ou à imagem – É crime a contratação direta ou indireta de grupo de pessoas para enviar mensagens ou fazer comentários na internet para ofender a honra ou a imagem de candidato, partido ou coligação. Também incorre em crime quem for contratado para fazer isso.

Propaganda proibida na rua – É proibido fazer propaganda de qualquer natureza (incluindo pinturas, placas, faixas, cavaletes e bonecos) em locais como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios e estádios, ainda que de propriedade privada. A proibição se estende a postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes e paradas de ônibus, árvores, muros e cercas.

Propaganda permitida na rua – É permitido colocar bandeiras na rua, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos, no período entre 6h e 22h. Também é permitido colar adesivo (de 50 cm x 50 cm) em carros, motos, caminhões, bicicletas e janelas residenciais.

Propaganda em veículos – “Envelopar” o carro (cobri-lo totalmente com adesivo) com propaganda eleitoral está proibido. No máximo, poderá ser adesivado o para-brisa traseiro, desde que o adesivo seja microperfurado, ou colocar em outras posições adesivos que não passem de meio metro quadrado.

Distribuição de brindes – Durante a campanha eleitoral, é vedado ao candidato ou comitê confeccionar e distribuir aos eleitores camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou outros bens.

Outdoor – É vedada a propaganda eleitoral em outdoors, inclusive eletrônicos.

Alto-falantes – O uso de alto-falantes ou amplificadores de som é permitido de 27 de setembro a 14 de novembro entre 8h e 22h. Porém, os equipamentos não podem ser usados a menos de 200 metros de locais como as sedes dos Poderes Executivo e Legislativo, quartéis e hospitais, além de escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros (quando em funcionamento).

Cabos eleitorais – A contratação de cabo eleitoral é permitida, mas respeitando alguns critérios conforme a quantidade de eleitores no município.

Comícios – A realização de comícios e o uso de aparelhos de som serão permitidos de 27 de setembro a 12 de novembro entre 8h e a meia-noite, exceto o comício de encerramento da campanha, que poderá prosseguir até as 2h da manhã.

Trio elétrico – É proibido o uso de trios elétricos em campanhas, exceto para a sonorização de comícios. A circulação de carros de som e minitrios é permitida em comícios, passeatas, carreatas e caminhadas, mas desde que observado o limite de 80 decibéis, medido a sete metros de distância do veículo.

Showmício – É proibida a realização de showmício para promoção de candidatos, assim como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar comício e reunião eleitoral.

sábado, 4 de julho de 2020

Angelim: Prefeito Douglas Duarte inaugura Sistema de Monitoração por vídeo-câmeras




O prefeito Douglas Duarte inaugurou na noite de ontem (sexta-feira), o Sistema de Monitoramento por vídeo-câmeras da cidade de Angelim.

A solenidade teve as presenças da vice-prefeita Rosa Cavalcanti, da delegada de Policia Civil Belª Priscila Góes e do Sgtº PM Adalberto Alecssandro comandante do 5º Pelotão de Polícia Militar sediado em Angelim e do Procurador Público do município Bel. Ozano Junior.

 O evento, fechado ao público por conta da pandemia do Covid-19, aconteceu no interior da Delegacia de Polícia Civil de por volta das 19 horas e foi acompanhado pelas redes sociais nas páginas da Prefeitura Municipal de Angelim e da Web Rádio Gazeta.

São 40 ruas monitoradas por 32 câmeras que levam agora durante as 24 horas mais segurança aos angelinenses melhorando o trabalho das policias civil e militar no combate a violência e roubos na cidade.

Os painéis de monitoração proporcionam imagens de primeira qualidade e são acompanhados em tempo real na delegacia de polícia civil, no pelotão da policia militar e na prefeitura municipal por funcionários cedidos pela prefeitura municipal.

Angelim é pioneira entre cidades da região a usar sistema de monitoração por vídeo-câmeras graças a ação do prefeito Douglas Duarte, tudo com recursos próprios do município.



segunda-feira, 29 de junho de 2020

Projeto garante internet e computadores para alunos


Após apresentar projeto para garantir internet e tablets para alunos e professores da educação básica, o deputado federal Danilo Cabral (PSB) protocolou proposta (3527/2020) para recursos para a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica para aquisição de computadores e contratação de internet. O objetivo é atender os estudantes que matriculados com renda familiar per capita de até meio salário-mínimo.
“Estamos falando de um universo de 590 mil estudantes em todo país que têm graves restrições financeiras e, portanto, não têm condições de acompanhar aulas remotas”, justifica Danilo Cabral. O parlamentar destaca que, devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, o Ministério da Educação publicou portaria que estabeleceu a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais. “Mas muitas universidades não deram início às aulas remotas, entre outros motivos, por causa das desigualdades socioeconômicas dos alunos”, afirma.
Segundo dados da Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das Instituições Federais de Ensino Superior (2018), produzida pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), 26% dos estudantes matriculados têm renda familiar per capita de até meio salário-mínimo. Na rede federal de educação profissional, científica e tecnológica, esse percentual sobe para 29,9%, de acordo com PNP 2020.
“O modelo de ensino híbrido, no contexto da pandemia, será uma necessidade mesmo após a liberação do retorno das atividades das escolas. A conciliação de aulas presenciais e remotas exigirá investimento na melhoria da infraestrutura tecnológica das unidades escolares, bem como a garantia de acesso dos estudantes às ferramentas tecnológicas”, frisa Danilo Cabral. A estimativa, de acordo com o projeto de lei, é de que sejam investidos R$ 1,1 bilhão na iniciativa, caso seja aprovada pelo Congresso Nacional.

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Angelim está em festa pela passagem dos seus 89 anos de Emancipação Política


Conta a história que os primeiros sinais de progresso em nossa cidade surgiram em 1887, com a inauguração da Estação Ferroviária Segismundo Gonçalves, da Great Western.

Pela ausência de veículos motorizados, predominava o comércio agrícola e o meio de comunicação mesmo para as localidades distantes, era feita com animais.

Com advento da via férrea, os agricultores e comerciantes passaram a utilizá-la como principal meio de importação e exportação de seus produtos.
Surgem próxi
mo à estação várias construções, inclusive de estabelecimentos comerciais.

Em 22 de dezembro de 1908, a Lei Municipal nº 42, criou o Distrito de Angelim.

A origem do topônimo se deve a uma grande árvore existente na cidade, à sombra da qual era realizada semanalmente, uma feira, onde hoje está localizada à rua São José.

Hoje completamos 89 anos de Emancipação Política, vitórias e conquistas registradas ao longo do tempo,
Angelim cresce a cada dia, seu atual gestor, Prefeito Douglas Duarte segue firme rumo ao final de seu mandato recheado de obras em nossa bela cidade.

Não poderíamos ficar de fora, nós que fazemos o jornal Gazeta do Agreste e a Web Rádio Gazeta abraçamos cada irmão angelinense e cada amigo que fizemos nesse pequeno torrão pernambucano que hoje completa seus 89 anos de história.

PARABÉNS ANGELLIM.


domingo, 24 de maio de 2020

Vereador Beco realiza live falando de sua pré-candidatura nas próximas eleições

Mesmo vivenciando grande período de quarentena por conta da pandemia do covid 19, o vereador e pré-candidato a reeleição pelo Partido dos Trabalhadores (PT) de Angelim, Beco, fez na manhã deste domingo uma pequena live onde diz do seu trabalho como vereador e confirma sua pré-candidatura na tentativa de continuar tomando assento no Poder Legislativo de Angelim nas próximas eleições.